Zumbi

27 de outubro de 2019
Não te olha no olho, cabeça sempre baixa
Ouve os que lhe falam, mas não entendem uma palavra
Disperso vidrado, presente mais ausente
Ele come, ele dorme, ele sonha ele sente
Muitas vezas ninguém o nota, passa despercebido
Pode ser seu namorado, irmão, amigo, ou até mesmo você, que lê este artigo
Tem emprego, identidade, endereço, e um nome
Há quem me refiro?
Aos zumbis do Smartphone.
Edson Alexandre
Amigo

Amigo

Quem pode definir as lagrimas tristeza ou alegria? Quem acompanhou meus passos desde o...

Mais uma vez

Mais uma vez

Tenho motivos para honrar em quem tenho crido, Independente o momento caminha comigo Meu...

Fé

Firme Fundamento do que se espera E a prova do que não se vê O Que nos mantém em...

0 Comentários

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *